(Para o Edd) Pelo mundo

Mundo danado este, que promove tantos encontros.
Mas, como disse o poeta, na vida há também tantos desencontros!
Há aquelas pessoas que chegam inexplicavelmente. Depois se vão.
Mas há que se destacar as especiais, cheias de encanto.

Essas vão, mas voltam, não importa onde, nem quando.
Com quem temos afinidade, nunca vemos a janela se fechar.
Basta uma mensagem pra retomar o contato e nem vimos o tempo passar.

De companhia agradável, com uma conversa boa, fazem a gente pensar.
Podem ter algo de humor, de conselho, de acolhimento.
Mas é importante dizer que suas palavras nos tornam melhores.
Muitas vezes o encontro é pura poesia, música, alheamento.
O fato é que quando se trata de amizade é preciso ter talento.

****

Ao meu querido amigo Edd, que hoje completa mais um aninho de vida!!

Desejo muito amor, paz, saúde e um MUNDO cheio de POESIA pra você.

Anúncios

Bar Samba

Bar Samba

Estava vendo umas fotos e achei uma muito especial…

De uma época onde não existia racional, apenas a vontade de estar junto e ser feliz
De se ouvir com o coração e sentir a alma arrepiar
De saber que depois de um bom samba, sempre vinha um melhor
De tomar um gole de chopp como se fosse o último ou pelo menos o mais gelado
De se sentir vivo, intenso e imerso

Uma época de contemplação, de homenagem ao que toca, ao nobre passado
Ao sambista desconhecido, ao amigo ausente..

Momentos de sentir o nosso espírito se elevar e dançar junto com todos nossos anjos e demônios
Sentir o coração bater forte, como descendo em uma montanha-russa, mas tendo o Jamelão ao nosso lado
De rir, sem ter que ter motivo, mas apenas por estar presente, naquele momento único, que durou o instante da batida de um surdo
Sonhar por um momento estar no meio da Avenida, peito aberto, pés surrados, saudando o público
Olhar em volta e ver seus bons amigos a te cortejar, se sentir completo
Vida, samba, suor e… vida, simplesmente VIDA.

Obrigado pelas palavras ditas
Obrigado pelas palavras não ditas mas sentidas
Obrigado pelo silêncio que conforta
Obrigado pelo sorriso fácil, aberto, criança!
Obrigado

Obrigado pelo calor, por sentir proteção e amparo.
Não por estar desprotegido, mas sim pelo prazer de cuidar e ser cuidado

Obrigado pelo que se viveu
Pelo que se falou
Pelo que se sentiu
Pelo que se bebeu
Pelo que se amou.

Obrigado simplesmente pelo SER.

Aos meus queridos amigos Roberta e Felipe.