Provocação

ProvocaçãoPasmas quando te desprezo

Mas não entendes meu desespero

Para chamar tua atenção.

 

Pensas que não tenho motivos

Para ver-te como inimigo

Mas maltratas meu coração.

 

O que queres que eu faça

Para que as coisas tenham graça

Enquanto estou na solidão?

 

Me provocas com teu olhar

E esse teu modo de andar

Tu não tens jeito, não.

 

14/08/94

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s