Adeus aos olhos teus

O que será de mim sem os olhos teus?
E quem irá sorver as lágrimas dos meus
quando eu não conseguir dizer adeus?

Quem irá secar o pranto que me corre à face?
Se eu pudesse falar o quanto te amo
e que a cada dia em mim o amor renasce
talvez eu não sofresse tanto assim.

O que farei quando o sol se pôr
e ele me fizer lembrar dos dias
em que desfrutamos nosso amor?

E se no meio da noite eu acordar
Com uma imensa vontade de chorar
E não puder contar com teus abraços
O que fazer?
Sem você eu não me acho…

Sinto necessidade dos teus beijos
para reanimar o meu dia.
Ah, como eu desejo afastar
esta melancolia!

E quanto mais o tempo passa
mais fica em mim a dor intensa.
O que fazer com tua falta
que a cada dia é mais imensa?

Michelle Araújo, 1995.Michelle Araújo

Anúncios

4 comentários em “Adeus aos olhos teus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s