Do amor e autoconhecimento

image

Há três anos,  escrevi um pensamento – inclusive publiquei aqui – que dizia:
“Entrar na vida de alguém é sempre uma descoberta sobre nós mesmos”.
Hoje,  folheando O Livro da Filosofia,  me deparo com pensamentos que seguem a mesma linha,  como o que é possível conferir na foto.
Baseada na leitura e em um brainstorm poético-filosófico,  deduzo:

Se “viver ultrapassa todo entendimento”, amar é a essência do conhecimento e aceitação,  de mim mesmo, do outro e do mundo.