Poesia de gaveta

Poesia boa é aquela de gaveta

Daquela que ensaia cem vezes a letra

Que fica adormecida para que ninguém se intrometa.

Poesia boa é a que dá tempo de maturar o sentimento

De trocar palavras, melhorar a escrita

Substituir dor por alento e desamparo por contentamento.

E eu te digo: quem quiser que entenda de outro jeito

Porque aqui, dentro do meu peito, o sentimento será sempre revivido

Ainda que as palavras modifiquem o sentido.

Poesia boa é aquela de gaveta

Que fica adormecida para que ninguém se intrometa.

Anúncios

2 comentários em “Poesia de gaveta

    1. Obrigada, Nanda! Fico profundamente feliz com tua visita e, ainda mais, com esse belíssimo comentário. Beijão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s