Lá fora

O sol nasce. Depois se vai.
O que você fez até ele voltar?

No calendário, o tempo corre.
Cadê os dias que estavam aqui?

Como aquela árvore cresceu!
Por onde andei enquanto ela permaneceu?

Se é assim que vejo a vida,
Então ela está fora de mim.

Michelle Araújo, 26/09/10.

Anúncios

Meu mar

Tenho a superfície plana, de águas tranquilas.

No interior, correntes marinhas conduzem cardumes.

De tubarões às ostras  mais raras, há de tudo um pouco por aqui.

Peixes espada, enguias elétricas, ouriços do mar.

Arraias.

E a superfície plana. E plena.

Michelle Araújo, 26/09/10.

Para (re)aprender a morar sozinho

1. Em primeiro lugar, aprenda a conversar consigo mesmo. A qualquer hora destas você vai precisar comentar uma notícia bizarra que acabou de ler.

2. É importante saber dosar o pó de café para apenas uma pessoa. Não se esqueça de que isto também inclui a quantidade de água. Depois de uma semana alternando café fraco e fortíssimo, você já estará craque.

3. Lembre-se de que você pode fazer a decoração que quiser no seu “Home sweet home”. Isto inclui abarrotar o aparador de porta-retratos com imagens de suas viagens mais espetaculares. Vale também escrever poesias na parede!

4. Todo mundo vai ao banheiro e, um dia, o papel higiênico acaba. É imprescindível checar as reservas diariamente.

5. Deu vontade de ouvir o som daquela banda anos 80 que é seu ‘lado B’? Coloque o som bem alto e dance feito um alucinado.

6. Você vai perceber que a louça não incomoda tanto, pois lavar uma xícara e um prato é algo que dá pra fazer enquanto se pensa na roupa que vai vestir nos próximos minutos.

7. Contemple o silêncio. Ele pode ser tão revelador!

8. O telefone tocou e você tá com preguiça de atender? Relaxe… se for importante vão procurar por você novamente. O telefone é seu, você atende se quiser.

9. Imagine só o espaço que você vai ter para organizar seus pertences – e principalmente suas roupas – do jeito que melhor lhe convier. Suas coisinhas queridas merecem um dia-a-dia mais digno.

10. Bateu saudade daquela amiga distante? Faça um interurbano – e por que não, uma chamada internacional – sem culpa. Você não terá que dividir as despesas mesmo!

E, por fim, o mais importante de tudo: curta a sua companhia. E, ao cruzar com o espelho, sorria e diga: “Bom dia, meu melhor amigo!”