Rotação

Eclipse da Lua em Calábria, Itália, 2004

O dia devia partir mais devagar
para me deixar estar e admirar o pôr-do-sol.
O pensamento não consegue acompanhar
notícias, vontades, necessidades.
Onde ficou o meu direito de querer?

Vivemos três vidas em uma
e 48 horas de bônus seriam migalhas
para a fome que tenho do mundo.

Eclipse da Lua. Calábria, Itália, 2004

É preciso ver mais, ouvir mais, sentir mais.
O real e o paralelo me consomem.
Não tenho mais certeza do que é transitório.

Meu território não é aqui, não é lá.
Estamos todos interligados pela teia
E o dia-a-dia é só uma reação em cadeia.

Michelle Araújo, 09/05/09

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s